No dia 06/10, a turminha do Maternal IIB da educação infantil teve uma tarde muito divertida juntamente com a professora Elisabel Coutinho, que ensinou aos nossos pequenos como criar e como empinar uma pipa, resgatando assim, uma brincadeira que anda um tanto que esquecida. Apesar de não ser uma brincadeira muito valorizada atualmente, empinar pipa desenvolve a coordenação visual e motora, ritmo e relação entre espaço e tempo. Além disso, só a construção da pipa já foi uma atividade muito divertida na qual tivemos a colaboração e o envolvimento das crianças na produção desse brinquedo. Foi um sucesso! O ventinho, muito chamado pela turminha, ajudou bastante para que a tarde se tornasse um momento muito divertido e agradável. E essa também fica como dica para você, amigo, divirta-se como tantas pessoas já fizeram, construa a sua própria pipa, elas são brinquedos que nunca perdem a graça!

No dias 04, 05 e 06 de outubro aconteceu a 16° Mostra da Produção Universitária da FURG. Com o tema Pesquisa  Inovação para a Sociedade, a MPU reuniu acadêmicos, professores, pesquisadores e membros de nossa comunidade para três dias de muita troca de conhecimentos e aprendizagens.

Nossos bolsistas estiveram participando do evento, apresentando seus trabalhos no campo da Extensão Universitária em diversas áreas, como educação, cultura, tecnologia e produção e direitos humanos.  Além disso, nossa Biblioteca Casa do Saber ofereceu uma oficina, que foi realizada no CAIC e desenvolvida por nossa bibliotecária e a equipe de bolsistas.

Na manhã do dia 04 de outubro, as crianças do primeiro ano, da professora Paula Pires, participaram de uma oficina de Artes, com Luciana Cozza, que aconteceu no refeitório do CAIC.

A turminha já vem fazendo experiências com a professora Luciana, as quais abordaram os pigmentos e exploraram as misturas entre as cores.  A matéria prima para a oficina de hoje foi merengue e gelatinas, que serviram para confeitar um bolo que foi saboreado pelas crianças.

A atividade contou com a parceira das profissionais da merenda escolar, que segundo a professora Luciana Cozza “foram fundamentais para a realização da proposta, maravilhosas no cuidado com as crianças e organização de todos materiais necessários para a atividade”. As crianças, além de se encantarem com as misturas, puderam saborear o resultado de seu trabalho!

Na tarde do dia 03 de outubro, a professora Patrícia Loch, que atua na Sala de Recursos do CAIC realizou uma intervenção com as crianças do primeiro ano da professora Sheila Pedroso, que abordou o desenvolvimento da linguagem oral, a sequenciação, a valorização da amizade , entre outros.

A professora contou a história Camilão, o comilão, de Ana Maria Machado, que fala de um lindo leitãozinho, que adorava comer, mas não produzia sua própria comida. Ele gostava era de pedir comida para os amigos. Toda história se passa com Camilão pedindo alimentos porque estava com muita fome. Ele juntou muitas frutas e legumes e fez uma festa para todos seus amigos!

No CAIC desenvolvemos diversos projetos de extensão, os quais são na área da saúde, educação, cultura, direitos humanos, cidadania, etc. Sempre que há possibilidade, nossos jovens que fazem parte dos projetos participam de eventos, o que é uma vivência muito rica e que contribui para que queiram avançar cada vez mais e fazer apresentações cada vez melhores e mais criativas.

Nos dias 27 e 29 de setembro, o projeto Contadores de História e Hip Hop realizaram apresentações no 23° Encontro da Associação Sul-Riograndense de Pesquisadores em História da Educação – ASPHE, que teve como tema “Gênero e Memória: Mulheres na/da História da Educação.

Subcategorias